Fibroadenomas Mamários

Os fibroadenomas (nódulos fibrosos) mamários são pequenos nódulos sólidos benignos recobertos por tecido fibroso e glandular (geralmente variando de tamanho até 2,0 cm). Estes nódulos geralmente ocorrem em mulheres jovens (entre os 15 até os 30 anos), freqüentemente em adolescentes. Os nódulos são facilmente mobilizados, possuem bordas nitidamente definidas que podem ser palpadas durante o auto-exame e assemelham-se a pequenas contas escorregadias. Eles têm uma consistência de borracha porque contêm colágeno (uma proteína fibrosa e resistente encontrada nas cartilagens, nos ossos, nos tendões e na pele).

Dentro da Mama
A mama feminina é composta por glândulas lactíferas circundadas por tecido adiposo e algum tecido conjuntivo. O leite secretado pelas glândulas flui através de canais até atingir o mamilo. Ao redor do mamilo, existe uma área de pele pigmentada denominada aréola.

Geralmente, os nódulos podem ser removidos cirurgicamente com a paciente submetida a uma anestesia local, mas eles freqüentemente podem recorre. Após a remoção de vários nódulos e a confirmação de que não se tratam de formações cancerosas, a paciente e o médico podem optar pela não remoção dos nódulos recorrentes.

Outros tipos de nódulos mamários sólidos e não cancerosos incluem a adenose esclerosante (endurecimento do tecido glandular) e a necrose gordurosa (substituição do tecido adiposo lesado por tecido cicatricial). Esses nódulos podem ser diagnosticados somente por meio da biópsia (coleta de uma amostra de tecido para exame microscópico).

<Volta<<